No sábado, no Estádio Professor Doutor José Vieira de Carvalho, na Maia, alguns atletas evidenciaram boa forma, até com recordes absolutos da competição, sem que, no entanto, tenham sido atingidas quaisquer marcas de qualificação direta para o Campeonato da Europa de atletismo, que se disputa em Roma, entre 07 e 12 de junho.

Na prova de cartaz, que veio substituir os 10.000 metros, Mariana Machado registou a marca de 15.29,46 minutos, batendo a espanhola Naima Ait Alibou (15.47,83) e Susana Santos, do Recreio Desportivo de Águeda, que ficou em terceiro e fez a sua melhor marca pessoal (16.16,73), ela que já tem 'bilhete' olímpico para Paris na maratona.

Na corrida masculina, o espanhol Eduardo Menacho, com 13.44,72, também bateu o recorde da prova, derrotando o etíope Zenebe Ayele Tadesse (13.47,73) e o sportinguista Rúben Amaral (13.50,24).

No que toca aos 100 metros, a vitória foi portuguesa, com Wilson Pedro, do Sporting, a fazer 10,70 segundos, para Gabriel Maia, da Associação Desportiva e Cultural do Jardim da Serra (10,78), e Fábio Cunha, do Atletismo Cidade da Póvoa do Varzim (11,19), fecharem o pódio.

Um dos destaques da noite foi Carina Vanessa, do Sporting, que estabeleceu o recorde da competição nos 400 metros, com 54,56 segundos, logo na prova de abertura.

Nos 1.500 metros, a francesa Alice Finot também sentenciou o melhor tempo da história do 'meeting' em 4.07,57 minutos, com grande distância para a melhor portuguesa, Rita Figueiredo, do Grupo Desportivo do Estreito, que ficou no sexto posto (4.28,58).

A corrida masculina foi para o espanhol Pol Oriach, com 3.43,37, que bateu os portugueses Bernardo Rocha (Salgueiros), com 3.49,86, e Rodrigo Lima (Sporting), com 3.50,13.

Na primeira vez em que se realizou a prova masculina dos 800 metros, o irlandês Cian McPhillips levou a melhor, com 1.48,81.

Relativamente às disciplinas técnicas, 1,60 metros foi suficiente para Ana Leite, do Benfica, levar o ouro no salto em altura feminino, enquanto o também benfiquista Ivo Tavares venceu no salto em comprimento masculino, com 7,16 metros, marca que conseguiu ao terceiro de seis ensaios.

No lançamento do peso, a vitória foi para o saudita Mohammed Tolo, com 18,42 metros, ainda ameaçado por Francisco Belo (Benfica) no sexto e derradeiro ensaio, que ficou próximo, ao alcançar 18,17.

Na vertente feminina, foi Francislaine Serra, da Associação Desportiva e Cultural do Jardim da Serra, a vencer com o registo de 14,80, conseguido à quarta tentativa, seguindo-se Inês Carreira e Liliana Manhente, ambas do Grupo Recreativo Eirense, com 11,91 e 9,22, respetivamente.

A Gold Gala, que teve este ano a sua sexta edição, reúne atletas nacionais e internacionais numa competição que homenageia Fernanda Ribeiro, campeã olímpica em Atlanta1996 e medalhada de bronze em Sydnei2000 nos 10.000 metros.

THYG // VQ

Lusa/Fim