Em Sochi, numa sessão marcada pela chuva e com vários incidentes, Norris assegurou o primeiro lugar da grelha da partida para a corrida de domingo com o tempo de 1.41,993 minutos, marca alcançada na última volta, numa altura em que a pista já estava a secar.

O britânico de 21 anos foi 0,517 segundos mais rápido do que o espanhol Carlos Sainz, da Ferrari, que fez o segundo melhor tempo (1.42,510 minutos) enquanto o também britânico George Russell, da Williams, ficou com a terceira marca da sessão, com 1.42,983.

Uma das 'vítimas' da forte chuva que atingiu o Autódromo de Sochi, que chegou mesmo a cancelar a terceira sessão de treinos livres e colocou a sessão de qualificação em risco de se realizar, foi Lewis Hamilton (Mercedes), que embateu num murro quando entrava nas 'boxes, tendo mais tarde efetuado também um peão, na última volta, quando tentava chegar à 'pole'.

Mesmo assim, o campeão mundial vai arrancar da quarta posição, bem à frente do atual líder do Mundial, o holandês Max Verstappen (Red Bull), que optou por trocar de motor e não participar na qualificação, sendo relegado para os últimos lugares da grelha.

O GP da Rússia está agendado para domingo às 13:00 (horas de Lisboa).

LG // AMG

Lusa/Fim

A dose certa de informação. Sem contraindicações.

Subscreva a newsletter Dose Diária.

Esteja em cima do acontecimento.

Ative as notificações do SAPO.

Damos tudo por tudo, para não lhe falte nada de nada!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #portalSAPO nas suas publicações.