A terceira geração do Peugeot 308 deverá chegar ao mercado já em 2021 e a eletrificação parece ser a palavra de ordem, não só seguindo a tendência do mercado como fazendo mira a modelos como a oitava geração do Volkswagen Golf e ao 100% elétrico ID.3.

O novo 308, tal como a próxima geração do SUV 3008, deverá assentar sobre a nova plataforma eVMP, uma versão muito evoluída da atual EMP2 e que poderá suportar um propulsor totalmente elétrico e respetivas baterias.

As mais recentes informações dão conta da adoção de motorizações mild hybrid, suportadas por um circuito elétrico auxiliar de 48 Volts, bem como de outras plug-in em complemento da totalmente elétrica que pretende rivalizar com o ID.3 da Volkswagen, por exemplo.

Segundo a marca, a plataforma permite baterias com capacidade de 60 a 100 kWh para uma autonomia que poderá exceder os 640 quilómetros. A tração integral é também uma hipótese e poderá chegar à versão elétrica de topo com uma potência de 340 cavalos segundo os mais recentes rumores.