A coleção do Museu do Caramulo foi enriquecida com a adição de um fabuloso BMW 327 Cabriolet ao já impressionante grupo de viaturas ali expostas. Esta criação da BMW de 1938 é o primeiro automóvel da marca bávara a integrar a coleção permanente do museu.

“O BMW 327 Cabriolet vem dar um novo sabor à coleção automóvel do museu na medida em que, além de se tratar de uma marca que não estava atualmente presente na exposição, o modelo foi produzido na década de 30, um dos períodos dourados da indústria automóvel”, Salvador Patrício Gouveia, Presidente da Direção do Museu do Caramulo.

Este irrepreensível exemplar foi cedido por Ricardo Sáragga e já pode ser visto no Museu do Caramulo, de terça-feira a domingo. O BMW utiliza um motor 2.0 litros de seis cilindros em linha com 60 cavalos. Atingia os 150 km/h. Há 82 anos, recordamos.