Aqui no AutoMais já trouxemos algumas histórias realmente fora do comum, mas esta é uma das mais insólitas. Tudo começou quando um condutor britânico decidiu comprar um carro novo. Para quem já o fez sabe que é um momento de grande felicidade o que pode levar a alguns excessos nos primeiros tempos. O proprietário adquiriu um Renault Mégane Coupé Cabriolet que, infelizmente, não durou praticamente tempo nenhum nas mãos do mesmo.

De acordo com a polícia local de Northampton, Reino Unido, o indivíduo do veículo quase bateu de frente com um carro de patrulha. “Este veículo quase chocou de frente com o nosso veículo. O condutor disse aos oficiais que tinha comprado o veículo há 30 segundos e, desta vez, era verdade. Lamentavelmente arriscou a não criar seguro. Bem, todos sabem o que aconteceu a seguir… apreendido”, podemos ler na publicação da polícia de Northampton.

Ou seja, o condutor perdeu o veículo 30 segundos depois do ter comprado por quase bater de frente com um carro da polícia, mas também por arriscou ir buscá-lo sem fazer um seguro do mesmo. É uma verdadeira imprudência com uma grande dose de azar. Saiu mais caro do que o pensado por parte do condutor.

This vehicle almost has a head on with our motor. The driver then told officers he brought the car 30 seconds ago and for once this was actually true. Unfortunately took his chances not insuring it. And well you all know what happens next.. #Seized #s3812BRANDHAM pic.twitter.com/O5XF3oboGO

— Northampton Hub Specials (@NNSpecials) November 18, 2020

Fonte: Northampton Hub Specials